18.7 C
Porto
19.8 C
Lisboa
21.9 C
Faro
Sexta-feira, Julho 12, 2024

Última canção dos Beatles no topo das tabelas britânicas

Pela primeira vez em 54 anos, os Beatles voltaram ao topo das tabelas do Reino Unido com a canção "Now and then", uma faixa que utiliza a Inteligência Artificial para reunir a lendária banda britânica.

As mais lidas

Lançada no dia 2 de novembro, a faixa, gravada por John Lennon e completada após a sua morte pelos outros membros do grupo, está atualmente a ultrapassar os seus rivais, segundo a Official Charts.

Com base nesta tendência, pode estar a caminho de assumir o primeiro lugar na próxima tabela semanal, destronando a superestrela norte-americana Taylor Swift.

Este é o 18.º single da banda de Liverpool a chegar ao topo da tabela. O primeiro foi “From me to you”, em 1963, e o anterior foi “The Ballad of John and Yoko”, em 1969, pouco antes da separação da banda, em abril de 1970.

A nova música, na qual Lennon e George Harrison trabalharam na década de 1970, e que Paul McCartney e Ringo Starr completaram no ano passado, foi trabalhada através de Inteligência Artificial, de modo a retirar a voz de John Lennon da gravação ‘demo’ original, disse McCartney à BBC.

Lá estava a voz de John, cristalina. É muito emocionante”, disse o músico à estação britânica, destacando que a edição final reúne todos os elementos da banda.

Now and Then” também fará parte da reedição do “Red Album” e do “Blue Album“, coletâneas dos êxitos dos The Beatles lançadas pelas primeira vez em 1973, relativas aos anos de 1962-1966 e de 1967-1970, respetivamente.

A tecnologia de IA tornou recentemente possível isolar a voz de Lennon e misturá-la com gravações de outros cantores, incluindo George Harrison antes da sua morte em 2001.

A canção foi completada e lançada pelos dois membros sobreviventes, Paul McCartney, 81 anos, e Ringo Starr, 83 anos.

No comunicado sobre o lançamento de “Now and Then”, pode ler-se que se trata “de uma gravação genuína dos Beatles.”

Para Ringo Starr, sobrevivente da banda, o trabalho de edição de “Now and Then” “foi o mais perto de ter Lennon de regresso à sala” de gravação.

“Now and Then” foi escrita por John Lennon depois da separação dos Beatles, em 1970.

Após a morte do músico, assassinado em Nova York em dezembro de 1980, a sua viúva, Yoko Ono, deu a McCartney uma cassete que tinha inscrito “For Paul”. Esta ‘demo’, além de “Now and Then” também continha as primeiras versões de “Free As A Bird” e “Real Sees it”, que foram publicadas como ‘single’ e no álbum “Anthology”, de 1995.

- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img