25.7 C
Porto
Segunda-feira, Abril 15, 2024

São Martinho – Origens e Lenda

O dia de São Martinho é uma festa litúrgica que se realiza a 11 de novembro, embora este dia não seja feriado em Portugal.

As mais lidas

Joaquim Marques
Joaquim Marques
Subdiretor

São Martinho de Tours foi um soldado romano nascido na Hungria, no ano 316. Recebido o batismo, renunciou à vida militar, seguindo a vida monástica. Fundou um mosteiro em Lugugé (França). Recebeu a ordem sacerdotal e foi mesmo eleito bispo. Faleceu a 8 de novembro de 397.

Reza a lenda que S. Martinho de Tours se encontrou com um mendigo durante uma tempestade de neve e, com a sua espada, cortou o seu manto ao meio para o partilhar com o pedinte e resguardá-lo do frio. Mais tarde, prosseguindo a sua jornada, deparou-se com um outro homem, cheio de frio e ofereceu-lhe a segunda metade do manto.  Já sem capa, S. Martinho continuou a sua viagem ao frio e ao vento quando, repentinamente e como que por milagre, o céu se abriu, e a tempestade cessou. Os raios de sol começaram a aquecer a terra e o bom tempo prolongou-se por cerca de três dias. Este período passou a ser conhecido por “verão de S. Martinho”.

Curiosamente, este dia é também festejado na Suécia, a véspera do dia de comemoração do enterro do militar. Este é um dia aproveitado pelos populares para o último grande jantar antes do período de recolhimento do Natal. O jantar começa com a sopa negra , seguida de ganso assado, terminando com um bolo de maçã.

Em Portugal, esta data estava associada à maturação do vinho do ano, sendo este o primeiro dia em podia ser degustado. Costumava fazer-se um grande magusto, com castanhas assadas sob as brasas da fogueira e beber-se uma bebida alcoólica local chamada água-pé.

Segundo alguns autores, o magusto representava um sacrifício em honra dos mortos e, nalguns locais, era tradição acender as fogueiras e preparar, à meia-noite, uma mesa com castanhas para os mortos da família irem comer.

Hoje, esta data é motivo para o convívio com amigos e familiares, o que será sempre de salutar.

Como diz o ditado popular: “No dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho”.

 

 

 

- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img