9.8 C
Porto
Domingo, Maio 19, 2024

Requalificação da Praceta 25 de Abril em Gaia custará dois milhões de Euros e será executada em 12 meses

A requalificação da Praceta 25 de Abril, em Vila Nova de Gaia, vai custar dois milhões de euros e demorar um ano, sendo objetivo garantir a continuidade deste espaço, atualmente debilitado, ao centro cívico do concelho.

As mais lidas

O projeto de reabilitação é apresentado à comunidade esta noite no Auditório Manuel Menezes de Figueiredo.

 Com a requalificação, é objetivo aumentar o “polo de maior centralidade da cidade”, relacionando “os espaços entre si de forma integrada”, bem como criando “espaço público de excelência e de contemporaneidade”.

A empreitada está orçada em cerca de dois milhões de euros e o prazo de execução é de 12 meses. O calendário de obras não foi revelado.

Admitindo que “hoje, a Praceta 25 de Abril apresenta um conjunto de debilidades, de ordem construtiva e de relação com a envolvente”, interessa também “garantir as melhores condições de segurança” de modo a “abrir este espaço ao Centro Cívico Municipal”.

A Câmara de Gaia, revela que foi realizada pela TecMinho uma peritagem técnica de avaliação do estado de conservação da estrutura bem como do uso que o espaço público da praceta pode comportar.

Assim, a intervenção incluirá a requalificação do espaço da praceta, a correção das patologias existentes, a integração do espaço no Centro Cívico, a articulação ao nível funcional, espacial, e dos materiais, bem como a continuidade entre os vários espaços.

A autarquia liderada pelo socialista Eduardo Vítor Rodrigues destaca que o traço fundamental da proposta “é a abertura para a Avenida da República, fomentando a espacialidade e identidade, a hierarquia dos acessos e a continuidade entre a praceta e a Avenida da República”.

“Esta intervenção permitirá gerar a envolvência que o espaço merece, recuperando a sua notoriedade no concelho”, termina.

O projeto de arquitetura está a cargo do arquiteto Nuno Alcobia, enquanto os projetos de especialidades entregues à GATENGEL, Lda.

Outras obras em Gaia

Esta obra faz parte de um pacote de obras anunciadas pelo presidente da Câmara de Gaia a 17 de julho quando, em reunião de executivo, Eduardo Vítor Rodrigues justificou o porquê de estar em discussão um pedido de empréstimo de 39 milhões de euros que visava vários investimentos no concelho.

A contratação do empréstimo foi aprovada pela maioria PS com abstenção dos vereadores do PSD.

Além da Praceta 25 de Abril, outros dos investimentos em causa neste empréstimo são o projeto de habitação de regeneração da Antiga Fábrica das Madeiras da Feiteira, em Grijó (6,9 milhões de euros), a construção do CACI (Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão) de Canidelo (5,1 milhões), o Cineteatro Municipal Almeida e Sousa (3,8 milhões), a construção do pavilhão de São Félix da Marinha (2,8 milhões), arruamentos envolventes ao novo campo de jogos de Valadares (2,7 milhões) e o pavilhão municipal da escola EB2/3 do Olival (2,3 milhões).

O Cidadão/Lusa

- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img