22.7 C
Porto
Segunda-feira, Abril 15, 2024

Primeiro de outubro: dados históricos

Hoje é domingo, 01 de outubro, ducentésimo septuagésimo quarto dia do ano, Dia Mundial da Música, Dia Mundial da Doença de Gaucher, Dia Europeu das Fundações e Doadores, Dia Internacional do Café, Dia Nacional da Água, Dia Internacional do Idoso, Dia Mundial do Vegetarianismo e Dia Europeu da Depressão. Faltam 91 dias para o final de 2023.

As mais lidas

Este dia é dedicado a Santa Teresa do Menino Jesus, Religiosa.

Nos céus, a Lua encontra-se na fase minguante. Quarto minguante, dia 06, às 14:48.

O Sol nasceu às 07:32 e o ocaso regista-se às 19:20.

Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o compositor francês Paul Dukas (1865), o pianista Vladimir Horowitz (1903), o antigo Presidente norte-americano James Carter (1924) e a atriz inglesa Julie Andrews (1935).

Em 1684, morria o escritor francês Pierre Corneille.

Em 1833, morria a cantora lírica portuguesa Luisa Todi.

Em 1908, o Ford T, primeiro automóvel produzido em série, começava a ser vendido nos EUA, ao preço de 825 dólares.

Em 1936, as forças da direita espanhola nomeavam o general Francisco Franco dirigente máximo da ditadura.

Em 1949, era proclamada a República Popular da China, por Mao Tse Tung.

Em 1962, o Goethe Institut abria o seu primeiro centro de língua e cultura em Portugal.

Em 1970, era criada a Comissão Organizadora da CGTP-Intersindical, na clandestinidade, com base nas direções dos sindicatos dos Caixeiros, do Pessoal da Indústria, dos Operários Metalúrgicos e dos Empregados Bancários. A Comissão Organizadora convidava outros sindicatos para uma sessão de trabalho, a realizar no dia 11.

Em 1979, entrava em vigor o Estatuto do Jornalista, publicado em Diário da República a 20 de setembro.

Em 1980, o Supremo Tribunal de Varsóvia concedia a aprovação legal aos primeiros seis sindicatos polacos.

Em 1982, Helmut Kohl, dirigente do Partido Democrata Cristão, era eleito Chanceler da RFA, substituindo o social-democrata Helmut Schmidt.

Em 1985, aviões de guerra israelitas atacavam o quartel-general da OLP em Tunes.

Em 1988, Mikhail Gorbachev, de 57 anos, era eleito Presidente do Soviete Supremo.

Em 1990, a liberdade de culto era estabelecida na URSS.

Em 1992, a SIC, primeiro canal privado de televisão em Portugal, começava as emissões experimentais.

Sic
Alberta Marques Fernandes inicia informação ne SIC – Direitos Reservados



O milionário norte-americano Ross Perot anunciava a candidatura às eleições presidenciais nos EUA.

Em 1995, o Partido Socialista vencia, com 43,8 por cento dos votos, as eleições legislativas.

Em 2003, a Assembleia da República aprovava o diploma que veio sistematizar os crimes de branqueamento de capitais no Código Penal.

Em Espanha, o Governo concluía a proposta de revisão da Constituição para permitir o casamento de pessoas do mesmo sexo e a adoção de crianças por casais homossexuais.

Morria, aos 82 anos, Blanqui Teixeira, engenheiro químico, resistente antifascista, opositor à Ditadura do Estado Novo, deputado comunista à Constituinte, antigo membro do Comité Central do PCP e ex-diretor de “O Militante” (1975-2000).

Em 2005, atentados em Bali, Indonésia, causavam 26 mortos e perto de uma centena de feridos.

Na Guiné-Bissau, o Presidente Bernardo “Nino” Vieira tomava posse, perante a ausência dos 17 Chefes de Estado convidados.

O filme “Noite Escura”, de João Canijo, era nomeado para o Óscar de melhor filme estrangeiro.

Em 2007, centenas de polícias da PSP concentravam-se no Parque das Nações para exigirem melhores regalias sociais, enquanto Portugal ficava em 19.º lugar numa análise ao sistema de saúde mais amigo do consumidor entre 29 países europeus, segundo os resultados do Índice Europeu do Consumidor de Serviços de Saúde.

O Centro de Saúde de Viana do Castelo tornava-se o primeiro do país a efetuar Interrupções Voluntárias de Gravidez (IVG) através de medicamentos.

Morria Vasco da Gama, empresário e ex-presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal.

Em 2008, o Senado dos Estados Unidos aprovava o plano retificado de injeção de 700 mil milhões de dólares (501 mil milhões de euros) no mercado monetário.

Morria, aos 108 anos, Boris Yefimov, o “caricaturista de Estaline”, como ficou conhecido pela participação que tinha nas campanhas de “agitação e propaganda” do antigo regime soviético.

Em 2009, morria Guilherme Luís, um dos maiores símbolos da Académica de Coimbra desde os anos de 1950. Tinha 79 anos.

Em 2011, morria, aos 60 anos, François Abou Salem, ator, dramaturgo e encenador franco-palestiniano.

Em 2012, morria, aos 88 anos, Shlomo Venezia, sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau.

Em 2013, morria, aos 95 anos, Silvino Silvério Marques, general e antigo governador de Angola, antes e depois do 25 de Abril, e também ex-governador de Cabo Verde.

Em 2014, morria Long Qiming, o último dos “Tigres Voadores” chineses, uma unidade de aviadores formada inicialmente por voluntários norte-americanos contra a invasão japonesa na China. Tinha 91 anos.

Em 2015, Cabo Verde tornava obrigatório o Acordo Ortográfico.

Em 2016, morria, com 95 anos, o escritor Mário Braga.

Em 2017, morria, aos 59 anos, José Pratas, ex-árbitro internacional de futebol, vítima de doença prolongada, em Évora. Morria, aos 95 anos, em Lisboa, Jorge Listopad, escritor, professor e encenador checo radicado há várias décadas em Portugal.

Em 2018, morria, aos 97 anos, o fotógrafo Fernando Aroso;

Morria, aos 78 anos, Ambrósio Lukoki, histórico militante do MPLA.

Em 2019, João Félix, avançado de 19 anos, tornava-se o mais jovem jogador do Atlético de Madrid a marcar na Liga dos campeões, inaugurando o marcador frente ao Lokomotiv Moscovo.

Em 2020, o Conselho de Ministros aprovava o decreto-lei que permite a integração nos quadros de cerca de três mil profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Morria, aos 84 anos, Francisco Knopfli, diplomata, antigo embaixador de Portugal Washington, São Tomé, Havana, Cidade do México, Maputo e Brasília.


(Fonte: Informação de dados astronómicos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa/Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço e do Instituto Hidrográfico)

O Cidadão/Lusa

- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img