8.5 C
Porto
Segunda-feira, Maio 27, 2024

O estranho mundo dos anúncios

As mais lidas

Joaquim Marques
Joaquim Marques
Técnico de Turismo

Neste jardim à beira-mar plantado apregoa-se que há falta de mão de obra e que os portugueses não querem trabalhar! Será mesmo assim?

Em vez de procurarem respostas para esta bizarra situação, somos massacrados por notícias que falam em “vagas de emprego” que ficam por preencher e a conclusão é a mesma de sempre: o “Tuga” não quer trabalhar!
Afinal, que se passa no estranho mundo dos anúncios de emprego?

Será, pelo menos curioso, que se exija a um jovem a experiência de um trabalhador sénior e se negue a contratação a este (demasiadas vezes), por falta de experiência. Que mundo é este?

Concretizemos: Um dos sectores mais badalados é o do turismo, sendo que os seus trabalhadores fogem dele como o diabo foge da cruz. É este o setor que apregoa alto e bom som que estão por preencher 45 mil postos de trabalho…

Afinal que oferece este motor da economia? (isto segundo uma pesquisa que efetuámos…)
Salário mínimo ou “baixinho”; trabalho ao fim de semana e noturno; uma  ou duas folgas semanais (isto com sorte…); horário partido em muitas situações (grande disponibilidade horária); inexistência de conciliação entre o trabalho e a vida pessoal/familiar.
Maravilha, não?

Joaquim Marques, Opinião, O Cidadão

Ora, se prevalecesse a lei da oferta e da procura (o famoso mercado), perante tanta escassez de mão de obra, os salários teriam de subir! Certo?
Errado! Se for preciso, contrata-se uns imigrantes para explorar -onde vimos este filme?
Mas o caricato de alguns anúncios não fica por aqui, senão vejamos: Contratação de Colaborador para hostel no Porto, em regime de “part-time” e noites. Adivinhem o horário:onze e meia da noite às sete e trinta. Pensemos! Um “part-time” de oito horas? Como será o “full time”?
Contratação de Empregada de Andares, aqui a benesse é a oferta de duas folgas rotativas.
Contratação de empregada de limpeza com carta de condução. Possibilidade de estágio IEFP e envio de “CV” com fotografia. Estágio? Fotografia? Será que só as caras lindas sabem limpar!!
Contratação de auxiliar de geriatria, pede-se o envio de curriculum com foto. Estranho!  Há que ter uma cara linda para não assustar os velhinhos…
Controlador de Estacionamento na via pública, enviar carta de apresentação e “CV”.  Com tante exigência o ordenado deve ser bem “chorudo”!!

São alguns singelos exemplos de como parece que o mercado de trabalho (não) funciona. Bem elucidativos do estado a que chegamos.

Próximo artigo
- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img