9.8 C
Porto
Domingo, Maio 19, 2024

Momentos de clareza

As mais lidas

Susana Pinto
Susana Pinto
Professora de Português e Alemão

Momentos de clareza podem ser raros nestes tempos modernos, em que tudo acontece à velocidade da luz.

Contudo, é precisamente pela sua raridade que estes momentos se enchem de significado e são tão preciosos.

Agora, que se aproxima uma nova época letiva, é preciso que os pais tenham a clareza de perceber que é sobre eles que recai a responsabilidade de, hoje mais do que nunca, levarem a peito a formação dos seus filhos e darem-lhes – eles próprios – a eles – filhos – as ferramentas necessárias para superarem os obstáculos que vão surgir – é certo – no futuro.

Os pais terão de ter a clareza de perceber os desafios de hoje e os do futuro e abrir os horizontes dos seus descendentes, em vez de deixarem esse trabalho apenas nas mãos da Escola.

Investir na Educação é a maior, a melhor é a mais valiosa herança que os pais podem deixar aos seus filhos.

Será também ela, a mais sólida garantia de que, quando adultos, estes serão mais autónomos, livres e independentes.

No verão, tudo é simples e abundam, por isso, os momentos de clareza.
Um deles é perceber que hoje, estar informado, não passa por ligar a televisão! Na realidade, se perguntarmos a um qualquer cidadão, aleatoriamente, o nome de um jornalista, a probabilidade de conseguirmos uma resposta é reduzida. E, se fizermos o mesmo exercício a alguém com menos de trinta anos, a resposta será mesmo nula.
Televisão não rima com informação há já algum tempo.

De modo que se assiste a uma procura de temas atuais, muito longe dos telejornais de outras épocas, e uma busca de conteúdos nas plataformas digitais.
Hoje, cada um de nós é o seu próprio Diretor de Informação – decide o que quer ver, quando e como, sem depender de terceiros.

As opções são mais que muitas, são profissionais e não obedecem a agendas.
E é assim que, em momentos de clareza, cada cidadão põe em prática a instrução e a educação que lhe foi dada, escolhendo como quer ser informado.
É arriscado? – Certamente que sim. Mas essa é a beleza da vida e é nessa hora que sabemos que o investimento na Educação valeu mesmo a pena.
Pensar pela nossa cabeça.





- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img