14.9 C
Porto
16.5 C
Lisboa
22.9 C
Faro
Quinta-feira, Junho 13, 2024

Gaia terá mais 36 casas para renda acessível no verão de 2024

As mais lidas

A Câmara de Vila Nova de Gaia conta disponibilizar, no verão do próximo ano, mais 36 casas com renda acessível, num investimento de 8,5 milhões de euros, no âmbito do Programa “1.º Direito”.

A medida faz parte de um pacote global que prevê a disponibilização de cerca de 3 mil fogos de habitação a rendas acessíveis, distribuídos pelo concelho, num investimento total de 143 milhões de euros.

A proposta já aprovada pelo Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), que contempla 36 casas na freguesia da Madalena, vai ser analisada na segunda-feira, em reunião de Câmara.

“O nosso objetivo é fazer tudo o mais rápido possível, porque a maior pressão que sentimos hoje não é do emprego ou das ruas, é a da habitação. E não é um problema de Gaia, é nacional infelizmente”, segundo o presidente da Câmara.
Eduardo Vítor Rodrigues recordou que, recentemente, foram disponibilizadas, também no âmbito deste programa, 24 casas em Santa Marinha. “E seguir-se-ão, em breve, mais 280 fogos”, acrescentou.

O contrato prevê que as habitações estejam disponíveis em um ano e dois meses, ou seja, no verão de 2024.

- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img