14.9 C
Porto
16.5 C
Lisboa
22.9 C
Faro
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Açúcar: o inimigo público

São Calorias vazias as que provêm de alimentos que fornecem elevado valor calórico e baixo, ou nenhum, valor nutritivo.

As mais lidas

Isabel Pinho
Isabel Pinho
Nutricionista

Como exemplo de alimentos que fornecem calorias vazias, temos os açucares, as  bebidas  açucaradas, rebuçados e outros do género.

Os açúcares são adicionados aos alimentos durante o processamento de produtos industrializados, com o intuito de melhorar o seu paladar e assim aumentar o seu consumo, logo a comercialização.

A Organização Mundial de Saúde  (OMS), recomenda que o consumo de açúcar por dia NÃO ultrapasse os 25 gramas (6 colheres de chá).

O consumo exagerado de açúcar, mais cedo ou mais tarde, acaba por se traduzir no aparecimento de várias doenças, como cáries dentárias, obesidade, diabetes, cancro, hipertensão e doenças cardiovasculares.

Todas as razões apresentadas fazem do açúcar o Inimigo Público.
Torna-se, por isso, imperioso ler os rótulos de todos os alimentos processados que entrem em nossas casas, fazendo de nós astutos detectives para descortinar cada pedacinho de açúcar escondido nos alimentos.

Eis alguns exemplos: glicose, sacarose, dextrose, maltose, frutose, xarope de milho, açúcar invertido, mel.

Estratégias para diminuir o consumo de açúcar:

Evitar alimentos processados.
Pesar todo o açúcar antes do consumo, diminuindo gradualmente de dia para dia.

Para além das doenças referidas, a ingestão insuficiente de outros nutrientes essenciais, como proteínas, vitaminas, fibras, pode causar doenças graves como anemia, doenças inflamatórias e alteração da flora intestinal.


- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img