6.6 C
Porto
Quinta-feira, Maio 23, 2024

Banda Rock Santa Paz atuou para os reclusos do estabelecimento prisional de Angra do Heroísmo

Foi na véspera do dia 25 de abril, no âmbito das comemorações dos 50 anos de liberdade e democracia em Portugal, que a banda açoriana, "Santa Paz", atuou no pavilhão multiusos do estabelecimento prisional de Angra do Heroísmo. O concerto foi dedicado aos reclusos que interagiram intensamente com os músicos durante todo o evento.

As mais lidas

Joaquim Marques
Joaquim Marques
Técnico de Turismo

Movidos pela curiosidade acerca da realização deste insólito evento, justamente quando é comemorada a liberdade, contactamos os Santa Paz para perceber o que esteve na sua génese, sendo que a ideia partiu de “um convite por parte da Psicóloga do estabelecimento prisional, de modo a participarmos num evento organizado para celebrar o 25 de abril no Estabelecimento prisional“.

1
O bolo das comemorações. Direitos reservados.

Acerca das dificuldades em realizar um  evento neste local,  referiram que “não houve nenhumas dificuldades, pelo menos nenhuma que já não estivéssemos habituados. Tocamos dentro de um pavilhão – já não é a primeira vez que tocamos num pavilhão, sabemos que, em termos de acústica é preciso ter alguma sensibilidade. À parte disso e das restrições de foto/vídeo e o sermos revistados à entrada, foi tudo muito normal“.

E quanto ao modo como sentiram este concerto “foi uma experiência muito gratificante e muito emotiva”,  e que “as pessoas sentiram aquele concerto três vezes mais que o nosso público “comum”. Interagiram muito connosco e nós com eles! Foi uma experiência que levamos para a vida, principalmente a parte dos autógrafos”. – disseram

ImgCidadao 1
A banda a atuar no local. Direitos Reservados

OC: Qual foi a reação dos reclusos?

SP: “Os reclusos adoraram! Fomos muito, mas mesmo muito bem recebidos! O nosso guitarrista/vocalista, Pedro Almeida fez questão de ir tocar um solo de guitarra para o meio de um dos grupos, pois eles puxaram muito por nós!”

OC: Esta é uma experiência a repetir?
SP: “Uma experiência a repetir sem dúvida! Podíamos voltar lá já amanhã e tornar isto algo mensal! Apesar de serem reclusos e estarem privados do mundo exterior por algum motivo, foram muito simpáticos e fizeram-nos sentir em “Casa””.

 

caeraz
Direitos Reservados
- Publicidade -spot_img

Mais artigos

- Publicidade -spot_img

Artigos mais recentes

- Publicidade -spot_img